Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

terça-feira, 6 de outubro de 2009

FILOSOFIA DE VIDA...

... (Segundo a Cheila, uma amiga do "meu bisalho.")
"Se vives olhando para trás, cais nos buracos que estão à tua frente."
Gostei. Acho sensato e por isso partilho.

6 comentários:

  1. E mais nada!!! E se estamos sempre a lamentar ou recordar o que já passou nem apreciamos aquilo que nos vai acontecendo...

    ResponderEliminar
  2. Concordo plenamente. Há um tempo próprio para tudo, por isso só resta sacudir e seguir em frente, com mais sabedoria e nunca ficando a olhar para trás o tempo todo.

    Obrigada pelas palavras no meu blog.

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente com o que esta escrito.. excepto num pequeno pormenor. Ja conheces a Cheila ha tantos anos e ainda nao sabes como escrever o nome dela. :)

    ResponderEliminar
  4. (como adiciono o seu blog aos meus Feeds?)

    ResponderEliminar
  5. Greg "meu bisalhinho"
    é bem verdade, mas acho que o nome dela a começar com "S" fica mais chique. hihihi. Ja emendei

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...