Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Bem, eu ri-me a bom rir com esta

Vamos lá cantar em Pulgarês, a cantiga que as Pulgas cantam, quando se despedem da professora, na aula de inglês.

bai bai
fore nau
si iu sume
vaca cagante
a la classe rume.

Podem repetir. Eu não paro de cantar, mas a parte da vaca cagante...

12 comentários:

  1. hehehe muito bom. Vou tentar decorar:)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  2. vaca cagante??? O meu inglês anda muito por baixo.

    ResponderEliminar
  3. Lool preciso de tradutor:-) Vaca cagante!?
    Prontos escusa de especificar ehehheh
    bjokas

    ResponderEliminar
  4. As tuas pulgas saem à avó...lol
    bjs querida

    ResponderEliminar
  5. Comecei a ler do anterior poste para este, se do primeiro ainda estava a rir, com este quase fiz xixi nas ditas:):):)
    Chuac! Chuac!!!! (mereces muitos pelas risadas que me provocaste, distribui pelas pulgas e devolve a demasia)

    ResponderEliminar
  6. Eu sou prof de Inglês e nunquinha que ouvi essa da vaca cagante!!! :P **

    ResponderEliminar
  7. Vaca cagante? Não percebi. Traduz.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. Bye bye for now
    see you soon
    come back again
    to our classroom

    ResponderEliminar
  9. Prontes, tá explicado...a "vaca cagante"
    kis :)

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...