Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Assim na terra como no céu


- Avó quando eu for grande tu já vais estar no céu. - Afirma a Pulguinha, a de quatro anos cheios de vida e espevitada comum raio, ao mesmo tempo que abana a cabeça e mordisca uma torrada, sem olhar dignamente para mim.
Mas que puxão de orelhas me apetecia dar-lhe! Daqueles bem puxados, retorcidos, esticados! Mas contive-me, não fosse ficar marcado e ter de justificar junto das autoridades superiores.

Mas será que esta peste quer que eu bata as botas, já? Será que me quer ver esticada com as mãos para o céu e os pés unidos? Será que lhe faço peso? Mas penso que não, ela é que se deita em cima de mim quando vamos para a cama.
A torrada até fez bola no estômago!
Mas depois...

Fiquei contente (e porque não?) e espero estar aqui alguns longos anos porque a minha sorte, vamos lá, é que esta peste tem propensão para ser baixinha (aliás, é como eu a chamo); e se assim continuar, certamente,  vai crescer mas não vai ser muito grande. 
E eu, avó extremosa dedicada, vou continuar a dar-lhe umas crocadas bem no alto da cabeça para não crescer muito. 
Ora o que se há-de ouvir da boca de um "inção"!

6 comentários:

  1. O teu blogue está muito mais giro e estive a pôr a leitura em dia e como sempre soltando uma sonoras gargalhadas.

    És mesmo levada da breca...e força aí para que nos tempos que correm a tristeza não se abata sobre vós.

    Gostei imenso das fotos e boa festa de anos para a garota:)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. A finitude da vida, uma evidência que as crianças precisam de aprender.
    Tu tens umas Pulgas precoces por aí.
    São factos da vida. Devias orgulhar-te da inteligência demonstrada.

    Um beijinho e bom fim de semana

    P.S. As damas pulgas estão chiquérrimas com os seus chapéus de fazer inveja...

    ResponderEliminar
  3. Deus queira que por cá estejas muito tempo para ver as tuas pulguitas crescer! :)

    ResponderEliminar
  4. Os cachopos dizem cada uma que uma pessoa até se mija, ou meija como se diz la em tras-os-montes... lol

    ResponderEliminar
  5. lool
    A Pulga, já se está a fazer à herança :)
    beijinhos e b.f.s

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...