Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Quem sai aos seus não degenera

E quando ao fim de um tempo vens a descobrir que tudo aquilo que diziam sobre uma pessoa confirma-se? Que, na realidade, a pessoa é como era retratada pela família e não como eu pensava que era. Quantas vezes fiz ver que, por vezes, temos de dar o braço a torcer para que a relação prevaleça. Não há necessidade de ressentimentos com os membros da família por que acima de tudo família é o bem mais precioso que temos. Tanto contrariei quando me falavam sobre o feitio dessa pessoa, quando me diziam "cobras e lagartos" ... "Tenta falar com ela", "pode não ser bem assim", "esclarece o assunto", pois é a falar que nos entendemos. "Eu também tenho filhos e, por vezes, temos de engolir sapinhos, sapos e sapões", dizia-lhe...
Estou decepcionada! É como diziam. Comprova-se...Faz-me ver que, realmente, a família conhece bem os seus. Só uma mãe conhece bem as suas crias.

9 comentários:

  1. Gostei da última frase"só uma mãe conhece bem as suas crias.

    ResponderEliminar
  2. Gostei da última frase"só uma mãe conhece bem as suas crias.

    ResponderEliminar
  3. Por vezes acontece...e se acontece...passa-se ao lado e segue-se caminho... tentando não tropeçar!!!

    ResponderEliminar
  4. Mas olha que há muita mãe que não conhece as suas crias...ou finge muito bem!!!

    ResponderEliminar
  5. Na minha modesta opinião, uma mãe não conhece bem os filhos, excepto enquanto pequenos e mesmo assim, por vezes somos surpreendidos pela negativa. Tenho um amigo psiquiatra que me dizia tantas vezes: os meus filhos são educados, respeitadores, bons alunos mas junto com outros são uma cambada de macacos à solta:)

    Há elementos na minha família (não falo das filhas, genros e netos) que já cortei pelo menos com três elementos porque são más pessoas e sobretudo mentirosas e intriguistas o que não tolero!

    Beijos extensíveis aos teus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas esses com quem cortaste, certamente, s mãe conhece bem as suas atitudes, feitios e comportamentos, não achad?
      Kis:>}

      Eliminar
    2. Quis dizer "achas" e não achad
      Desculpa a pressa

      Eliminar
    3. Consegui ler, não têm qualquer importância os erros:)

      Não amiga, as pessoas mudam ou refinam com a idade e com o tempo e por vezes a mãe não se apercebe porque vivem longe.. Quando havia sarilhos com essas três personagens eu pegava no telefone e aqui vai disto, mas preferi inverter a marcha e rumei à do silêncio e até hoje ignoro-os por completo.

      Eliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...