Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

The Big Picture

Não sei se acompanham este programa na RTP. Refiro-me ao The Big Picture. Cá para mim que ninguém me ouve ou me lê digo que parto-me a rir, deixem-me usar esta metáfora, ao ver a cultura geral dos concorrentes. Eu também não sou uma enciclopédia e a minha cabeça já não é o que era, mas sei que tenho 32 dentes na boca sem precisar de a abrir, meter o dedo indicador e contar em frente às câmaras...
E depois ainda duvidar da contagem, dizendo que na realidade são 36 pois faltam-lhe os do siso.
Mas a melhor foi nem ter essa opção nas alíneas. Posso rir?

2 comentários:

  1. Desde que ouvi um caramelo num concurso televisivo dizer que o nome próprio de Hitler era Heil Já acredito em tudo :))))
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O concorrente anterior não conhecia Marcelo Caetano
      Kis:)

      Eliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...