Saibam que...(luto com falta de imaginação para os títulos) e que...

...Aqui no meu rural come-se as sardinhas e deita-se as espinhas ao gato que por sua vez partilha com o cachorro que por sua vez rosna, (mal-agradecido!) mas no fundo todos comem da mesma refeição.

Ah, e não há tradição e se comer sardinhas na véspera de santo António, mas se havia de ir para o gato, e já que estavam baratuchas, comeu-se, e eles chuparam as cabeças, aliás gato que é gato come as espinhas enquanto que dono que é dono come a carne, e os meus ...adoram, adoram comer carne, mas chupam é as espinhas. Também acredito que se lhe deitasse a carne e chupasse eu as espinhas eles iam achar estranho. Muito estranho, mesmo!

E a frase: "brigam como cão e gato" nem sempre é verdadeira. Para brigar não precisamos de ser cão nem gato basta sermos...humanos.

Comentários

  1. :) A minha princesa é louca por sardinhas, passa a vida a pedira aos avós para as fazerem e é vê-la comer!!!

    ResponderEliminar
  2. Isso sim é partilha. Afinal eles também são da família :)

    ResponderEliminar
  3. Basta falares em sardinhas para me deixares mal disposto.

    Boa tarde!!!

    ResponderEliminar
  4. OBSERVADOR!!!????
    Tás vivo? e quem é vivo sempre aparece!grande frase. deixa que eu tb ando só ler e quase nem comento (geralmente comento quem me comenta, faço ligação até lá e prontes tá feito)
    esta tia-velha deixa-me com pouco tempo e mais outras coisinhas que tenho de fazer o dia acaba e leio os blogues (o teu incluído) mas assim uma leitura rápida.
    desculpas-me???????
    tu e todos os outros bloggeres????

    espero que sim!

    ResponderEliminar
  5. E também há aqueles casos em que o dono come a sardinha e chupa na cabeça. São os lambões que não deixam nada para o gato. lolol

    Ora bem, porque é que não tenho anónimos? Porque anónimos somos nós todos. Podemos arranjar nicks fofinhos, nomes pomposos, mas no fim somos todos anónimos. Ou quase todos, vá. E como eu acho que nós só temos o direito de criticar se admitirmos ser criticados, só aceito comentários de quem se expuser à crítica. Se querem ter voto na matéria, escrevam umas m*rd*s, para eu poder criticar também.
    Mainada. lolol

    ResponderEliminar
  6. A Avogi pode não acreditar mas cá em casa, quando damos peixe aos gatos limpamo-lo de espinhas. Gato fino é outra coisa. LOL.

    ResponderEliminar
  7. Não ponhas os títulos! Assim ficas com a cabeça melhorzinha para pensar nos posts!
    Adorei o cão a comer sardinhas também!

    ResponderEliminar
  8. Pra que títulos?...:))

    Um dia (se por acaso voltar a Portugal), quem sabe vou até a Madeira, hein?

    Você aí falando de Santo Antônio, deixa então te contar um "causo":
    Estando em Lisboa, quis ir conhecer a Igreja de Santo Antônio, e procurava por "Santo Antônio de Pádua", que é como o chamamos aqui no Brasil...
    Foi aí que me disseram que ele é o "Santo Antônio de Lisboa", pois é nascido em Lisboa, e SÓ morreu em Pádua...

    Vivendo e aprendendo!...rsrsrs

    Beijocas,

    Cid@

    ResponderEliminar
  9. Aprendi a gostar de sardinhas quando vim morar cá...à força do hábito decidi vesti-lo!!! lol
    Actualmente, adoro o "biscoito" e com salada de pimentos...uma delicia!
    Compreendo os teus animais...lol
    Tens recado para ti lá no meu passos..lol
    bjs
    PS: porta-te bem...lol

    ResponderEliminar
  10. Amiga,
    Saudades. Ando tao sem tempo pra blogar, mas olha: estou por aqui. Vou sempre te visitar. Adoro seu blog assim como adoro sardinha.
    Beijos mil.

    ResponderEliminar
  11. O último parágrafo é de uma verdade total!

    ResponderEliminar
  12. Este fim-de-semana também eu e a minha gata comemos sardinhas. E que boas que estavam, lambemos as duas os bigodes (ou ela lambeu os dela que eu tenho muita coisa mas bigodes não tenho).

    Beijinho.

    ResponderEliminar
  13. Prima:
    Este ano ainda não comi sardinhas de jeito, portanto estou muito pior que o teu gato e o teu cão :D
    A minha gata é uma finória, só quer alimentos de marca, "gente" fina é outra coisa :D

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Ena! É raro haver cães que comem no mesmo prato que os gatos! Ou é raro eu ver estas coisas! :)

    beijo

    ResponderEliminar
  15. Conheces aquela piada de italiano que o pai diz à mãe: não dou conta de comer tanta carne para dar os ossos a essas crianças!
    Meu cachorro nunca mais teve problemas intestinais desde que parou de comer peixe, recomendado pelo veterinário. Comia melhor que eu o safado!
    Abraços.

    ResponderEliminar
  16. Hehehe!
    Ó minha querida, eu tenho um cão e um gato e comem no mesmo prato e dormem juntos bém enrolados. Sempre que umtoma a iniciativa de ir para a cama, que lhes preparei desde que os recebi, um chama pelo outro e vão andando esperando um pelo o outro. Por vezes fico mirando-os e penso: Como é possivel uma amizade tão grande. Como ambos teem 8 meses, brincam muito num com o outro! Mas o cão corre com os gatos dos vizinhos, mas com o companheiro não. Amizade é assim, no animal, por veze´s, é superior que a dos homens!

    Um beijão.

    ResponderEliminar
  17. Espero que as sardinhas andem de melhor qualidade por essas bandas. Por aqui... Bahgrrrrr!

    Cá a minha Bi-Xana não admite nem a aproximação de caninos. Aqui a vizinhança já provou das suas unhas e não gostou.

    Chuac!

    ResponderEliminar
  18. Vai lá ao meu blogue ler o convite que o Indeterminado te fez...e o meu comentário a isso...tomar café contigo! Imagina!
    Vai ver que acharás tentador...lol

    ResponderEliminar
  19. Querida AVOGI, o meu Gandhi (que é um grande cão) adora as espinhas das sardinhas e fica tão, mas tão feliz, quando há sardinhadas, por aqui!
    Vou experimentar dar-lhe uma sardinha inteira, só por cauda de ti ;)

    ResponderEliminar
  20. Olha estou como a prima Fê!!!
    Este ano não comi sardinhas de jeito, algumas nem os gatos as tragariam, nem eu eheheh
    Já vi que tenho de ir à ilha, para a sardinhada...
    bjocas

    ResponderEliminar
  21. Bonito relato.
    Eles parecem dois amigos de peluches :-)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...

Mensagens populares deste blogue

Tabaibos ou figos da Índia

Um estado de alma

Usar óculos é um adereço e não uma necessidade