Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Todos nós temos o nosso momento de loucura

O meu foi no Amieiro Galego.

11 comentários:

  1. Eu também tenho vários momentos e loucura:)

    ResponderEliminar
  2. Isso é que é força impulsionadora!

    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar
  3. Mas esta é a madame, com cabelo tão escuro ?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que sim que sou eu! Cabelo escuro? Nem por isso. Ainda tenho alguns castanhos...
      Kis:=>}

      Eliminar
    2. Eu pensava que era loira, mas não burra.
      D.

      Eliminar
    3. Quem? Eu ou tu, não percebi
      Kis:=>}

      Eliminar
    4. O que eu quis dizer é que pensava que a Avogi era loira, mas não uma loira burra. Eu não a considero nada burra, caso contrário., eu não andaria pelo seu blog. Eu fujo dos burros a sete pés.
      Kis e bom domingo.


      Eliminar
    5. Sabes é que aqui andam tantos anónimos... E depois penso que é sempre o mesmo nalgumas respostas. Há anónimos bons e outros maus, que às vezes metemo-los todos no mesmo saco abanamos e voltamos a dar..
      OK, eu era loura depois castanha claro depois escureceu e debaixo dos brancos tenho alguns escuros.

      Sou loura sim senhora, e burra também sim senhora às vezes....muitas vezes...
      Quase sempre no que toca a comentarios..alguns pronto e fervo...
      Kis:=>}

      Eliminar
  4. e esses momentos sabem a pouco. A foto ficou muito gira:):):):)

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...