Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".
Mostrar mensagens com a etiqueta canções. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta canções. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Chu chuá...

Atão vamos cantar.
E dançar o Chu chuá

Entretanto, Bom fim de Semana, pois então. Divirtam-se com o Panda
Co-me-çar...

Companhia...
Braços estendidos...
Punhos fechados...
dedos pra cima
Chu chuá chu chuá-a-a-aa
chu chuá

(Para visualizar a coreografia é necessário clicar numa frase, das que estão em cima). Coooooo-me-çar...

sábado, 22 de setembro de 2012

Já cá está o Outono com seu sol doirado

"Já cá está o Outono
com seu sol doirado
o vento soprando
a chuva caindo
e as folhas tombando.

Caem levezinhas
e ao chão vão parar
é o vento outra vez
que sopra com força
e as vai levantar"

Só há uma coisa que gosto no Outono é o crunch-crunch ao pisar as folhas no chão. Aquele som crocante agrada-me, mas para me fazer gostar desta estação... somente a esperança de que daqui a três meses é Natal.

Adeus Verão.
Eu serei sempre uma amante do Verão mesmo que as outras estações me encham de ouro e me coroem com diamantes.
Eternamente tua.

Fotografia: Proteas (se não estou em erro) num jardim perto de mim.

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Paulo Gonzo

Por ti, Alberto Ferreira Paulo, vou até à costa norte da ilha, mais precisamente a São Vicente, somente para te ouvir cantar.
Tu canta aquelas que eu sei para poder dar largas à minha desafinação, pois eu... sei-te de cor.
Hoje serei o teu brinquedo, mas só hoje.
Até pareço uma gasguita nova praí com 56 anos, com borboletas na barriga e asas nos pés.
São Vicente dêem-me espaço que daqui a pouco lá vou, mas antes, vou pôr o bacalhau de molho.

terça-feira, 31 de julho de 2012

Sou uma taça...

...Uma chaleira...Uma colher...um colherão...um prato fundo...um prato raso...
Se não conhecem, não percam tempo,  ide às carreiras por aqui e ...
Oiçam vejam e dancem. Se precisarem de coreografia tenho aqui três Pulgas que conhecem de trás para a frente e de frente para trás. Eu estou por aqui (tenho a mão esquerda na horizontal no alto da cabeça, pena não verem!) com essa música.

Vamilhá a dançar...

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Sei-te de cor

Adoro adoro adoro adoro e podia continuar  a escrever e a dizer adoro.
A letra, a voz. Este homem ainda tem uma bela duma voz e sabem, adoro quando ele diz: lhouco.
"Eilha" aqui

E agora não paro de cantar. E ainda há pouco, poucochinho dancei com as Pulgas (as mais velhas). E cantei, sim, que sei (-te) de cor.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Eu tenho um amigo que me ama

...Que me ama que me ama
É um amigo que me ama
É um amigo que me ama
é um amigo que me ama
seu nome é...

Todo o dia tenho cantado entre dentes esta cantiga da catequese.
Dedico-a a uma grande amiga, anónima, sem perfil, que me chateia todos os dias com comentários basicamente ofensivos a mim, à minha família (incluindo as Pulgas), e a outros bloggers. Vá, agora em conjunto afinar as vozes e... "vamilhá"

Nós temos um amigo que nos ama
nos temos um amigo que nos ama

E agora de mim para ti
Tu tens um amigo que te ama que te ama...

sábado, 26 de maio de 2012

Hoje é Sabado...

...Amanhã é domingo.
 A vida vem em ondas, como o mar...

Hoje é sábado, amanhã é domingo
Não há nada como o tempo para passar

Hoje é sábado, amanhã é domingo
Amanhã não gosta de ver ninguém bem
Hoje é que é o dia do presente
O dia é sábado.

Porque hoje é sábado.
Há a perspectiva do domingo
Porque hoje é Sábado

Neste momento há um casamento
Porque hoje é sábado.
Há um divórcio e um violamento
Porque hoje é sábado.
Há um homem rico que se mata
Porque hoje é sábado.
Há um incesto e uma regata
Porque hoje é sábado.
Há um espectáculo de gala
Porque hoje é sábado.
Há uma mulher que apanha e cala
Porque hoje é sábado.
Há um renovar-se de esperanças
Porque hoje é sábado. 
Há um grande aumento no consumo
Porque hoje é sábado.
...

Do grande Vinicius de Moraes: Dia da Criação

Fotografia: Stella Winks by Pulga

quinta-feira, 17 de maio de 2012

A cantar em Pulgarês

- Avó, sabes esta cantiga que aprendi hoje na escola? - pergunta a Pulga na hora do almoço enquanto desenhava.
Eu, que não estava olhando para ela nem para o desenho e, esperando ouvir uma cantiga da Shakira, da Jennifer Lopez ou da Adele, e que cantassem na aula de EEMD* sai-se ela com toda a nobreza que a cantiga merece e com todo o sentimento que consegue transmitir e, perdoai-me Senhor que sou pecadora não tanto como a Maria - a Madalena, e ainda espero alcançar o Céu quando descansar as pernas e os pés dentro de uma caixa de pinho, mas não me contive quando oiço...

A treze de Maio
Na Cova da Iria
Apareceu com brilhantes...

Bem, só digo que nem conseguia parar de rir a imaginar Nossa Senhora com brilhantes!

*Expressão e Educação Musical e Dramática

terça-feira, 15 de maio de 2012

Os maridos das outras

Toda a gente sabe que os homens são brutos
que deixam camas por fazer
e coisas por dizer...
roupa por apanhar...
nunca deixam a mesa  posta...

Mas os maridos das outras não.
Eles são a perfeição
fazem felizes as amigas da mulher

Tudo o que os homens não
o marido das outras são 

O que me dizem desta cantiga que passa sem parar nas rádios do nosso Portugal, letra, música e voz de Miguel Araújo, fazendo referência aos homens?
Quantas de nós também já fizemos pelo menos uma vez comparações entre o nosso e o de alguém?

É assim como: "a galinha da vizinha é sempre melhor que a minha" Neste caso o galo.

E aqui na Rádio Comercial para quem ainda não a ouviu.(http://www.youtube.com/watch?v=rBB6M0_AlMw)

Fotografia: O sol a esconder-se atrás da ilha de Gran Canária, captada da ilha de Tenerife.

 

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Bem, eu ri-me a bom rir com esta

Vamos lá cantar em Pulgarês, a cantiga que as Pulgas cantam, quando se despedem da professora, na aula de inglês.

bai bai
fore nau
si iu sume
vaca cagante
a la classe rume.

Podem repetir. Eu não paro de cantar, mas a parte da vaca cagante...

segunda-feira, 25 de julho de 2011

Por esta não me esperava!

A minha prima FÊ... bem...a verdade é que nem nos conhecemos, não temos consanguinidade mas somos primas, primas virtuais.
Tudo começou com uma brincadeira, prima para cá prima para lá prima que a coisa encaixou como duas peças de puzzle e ficou o tratamento familiar.

(Prima, temos de sair daqui, do computador, e....tenho cá uma vontade de te apertar os ossos!! Sim, prima dar-te aquele abraço até fazer ranger os metacarpos e afincar-te as falanges na espinha.)
Não podia deixar passar... 
(carregar em cima da frase superior e vão lá de carreira)           
                                                                     
E mais, a música escolhida por ti, foi sem duvida uma bem conhecida cá das Pulgas. Não há dia que não acabe (quando elas estão aqui) sem este vídeo.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Fim de semana e "quero pintar a minha vida de todas as cores"

A Pulga (4 anos) cantava. Fiquei atenta à letra da canção. Juro que não conhecia. E cantava...cantava...
Mas com aquele seu ar de artista! Deturpando algumas palavras-as suas dislalias - achei tão ternurento o modo como entoava que mal cheguei a casa procurei.
Da cantiga apenas retive esta frase: "Pintar a minha vida de todas as cores".

Verdade. Se todos nós pintássemos a vida usando todas as cores e não apenas o cinzento e o preto seria mágico.
Impossível? Não decididamente. Atenuar os cinzentos e pretos é a regra. Porque estas também são cores!!!

Agora, oremos, perdão, cantemos. Se ainda não sabem a letra é esta a altura para decorar...(se ainda tiverem cabeça ...)está ali  em baixo, mais p´ra baixo, desçam um pouco, não é aí...                                                                                                                                        
E agora em letras bem pêquênênas (como diz a Pulguinha no pico dos seus 2 anos) o Olavo Bilac está bom como o chocolate, aliás ele é um chocolate, ou será das lentes dos meus óculos?? Hã?

BOM FIM DE SEMANA. E Vamos Pintar a Vida de Todas as Cores.

Quero pintar a minha vida de todas as cores
Quero pintar...por ti
e quando chegar o momento
deixa-te pintar
deixa-te levar
deixa-te pintar
na minha sala sob a luz do luar
perde-te no tempo... deixa-te levar
pintei o teu corpo numa tela
esculpi o teu rosto à luz da vela
pintei o teu corpo... pintei

Quero pintar a minha vida de todas as cores
e vou-me lembrar... de ti
e quando chegar o momento
deixa-te levar

deixo-me encantar
deixa-te pintar

na minha sala sob a luz do luar
perde-te no tempo... deixa-te levar
pintei o teu corpo numa tela
esculpi o teu rosto à luz da vela
pintei o teu corpo... pintei

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Sinceramente Ruca és uma grandessíssimo malcriado

Nem queria acreditar quando o mê senhor colocou para que eu ouvisse e visse um dos vídeos do Ruca no Youtube.


A Pulga gosta de ouvir e ver, claro, os vídeos de música tais como a "Minhoca" o "Autocarro", (do recreio da Anita), músicas do Avô Cantigas entre elas o "Fantasminha Brincalhão" e "Come a sopa, vá lá". E ainda a  "Cinderela " do Carlos Paião para dançar ao som da música, cantar, e/ou somente ver.
Hoje apeteceu-lhe ver e ouvir o Ruca.

Desejo virou ordem e toca a colocar o Ruca no monitor do PC.
Uá Mãe qu´o pai investe!!! Nunca na vida ouvi tanto palavreado!!!

Quando o avô que não é de cantigas ouve a letra da canção, ia caindo da cadeira abaixo com um colapso cardíaco.
Atento como é ao ouvir palavrões arrebitou a atenção e desliga logo.
Aqui deixo um e se quiserem ouvir mais help yourself está à disposição no youtube! Fiquei pasma! Nunca pensei!!!

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Fim de semana, pois então!

 BOM FIM DE SEMANA!

Fiquem com Caetano Veloso e a canção:
"Só Vou Gostar de Quem Gosta de Mim".

É que não vale a pena gostar de quem não gosta de nós!!
Eu vou tentar seguir à risca a letra da canção.

Ver e cantar aqui .

quarta-feira, 17 de junho de 2009

A cantar em Pulgarês

Ora vamos lá cantar em pulgarês uma cantiga da minha infância. Deve ter aprendido na escola, pois há muito tempo que anda a trautear.
Aqui vai...

U pituó
U pituó

tex um bouo
E tomeu tó
Nã dê nada
aus teus detiiuos
tan tuosa a miia abó


Em português

Minha avó do Picoló
fez um bolo
e comeu só
não deu nada aos seus netinhos
tão gulosa a minha avó

quinta-feira, 28 de maio de 2009

A cantar em Pulgarês

olare...laré..iu

Tês dadinhas a tantá
tão u tanto tateá
a da tente é a pimeia
totô a outa eu tadeia
tês dadinhas a tantá....

E outra


Tatadaio ôiôu
bita tá iéto
tata ua maumada


papagaio loiro
de bico amarelo (não diz)
quem não está quieto
leva de chinelo (ela diz "leva uma palmada")

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Um, dois, três, vamos lá outra vez

Tarde na rua, três crianças [1/3/84 ano(s)] cantavam.

Um, dos, tês
Ua io.ié.iê de cata tês
Uato, tinto teis
eia ua tóia de diôdo
Tóia de diôdo

Tóie a papa tuaia
Toie a papa

e repete
e repete e repete
e não sei onde foi buscar a "toia de diôdo"

domingo, 24 de maio de 2009

Isto promete, ai promete!

Os domingos de manhã, quando as netas ficam cá, é sempre uma alegria, mas agora com a presença da minha tia ainda melhor.
A Pulga faz de conta que é a educadora e a minha tia a aluna. Mas a pobre da velhinha tem cataratas e glaucoma e não enxerga um palmo adiante do nariz.
A Pulga senta-se em frente dela a cantar e a mimicar. Escusado será dizer que a minha tia tenta gesticular, mas não consegue fazer igual ao que a "educadora Pulga" faz.
E.....há zanga.
- Faz assim -diz a educadora.-Não é assim, é assim. Isto combinado com os gestos correctos da canção.
Esta manhã era esta:

Atiei o pau ao da..to..to
mas o da..to..to
não moeu..eu.eu
doda ti..ta..ta
atustou.ti..ti
do.. bau..do..bau
co dato deu
miau

Em tima da tamoné..é..é
ta..va uma p*..ta..ta
patiu o pé
o eua toia
o eua bita
o bai i toia
dati pa poia.

Eu ria-me.
A tia-bisavó ria-se sem perceber porquê.
E o avô tremia os ombros, de rir...

quarta-feira, 20 de maio de 2009

A cantar em Pulgarês

"Tititios e titados
Uma poia tititai
Todos taadinhos....

É a letra de uma canção da Pulga.

Tradução

"Caladinhos e sentados
Uma história vou contar
Todos caladinhos.....