Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".
Mostrar mensagens com a etiqueta O que eu bebo. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta O que eu bebo. Mostrar todas as mensagens

sexta-feira, 17 de março de 2017

Ai, povo enganado! "Vaiam" mas é vestir a gabardina e calçar as botas d' água!

Julgavam vocês que o sol vinha para ficar? Julgavam que iam colocar a bela da tamanca no pé e caminhar porta fora até à babuginha do calhau e espalhar-se ao comprido num metro quadrado de cimento, ai era? Desenganem-se meus e minhas, hoje aqui chove facas e canivetes do céu e o Pedrocas anda a fazer churrasco e a deitar o fumo cá para baixo. E que belo churrasco! A julgar pelo fumo a lenha estava molhada. Pudera, se chove e volta a chover...
Mas adiante.
Atão, as minhas lindas mulheres cá do burgo até arranjaram as unhinhas dos pés para poder arejar os dedinhos? Vão mazé ao baú buscar o sobretudo, as luvas, cachecol e as meias tricotada pelas mãos da avó que isto ainda vem muito frio.
Sabem o adágio popular: "Abril águas mil" que em madeirense se diz: "abrilhe águas milhe?" A água ainda vai cair antes do fim deste mês, palavra de quem nunca mente.
Ui, que frio aqui, no meu rural, deixa-me fazer um chá de limão com sumo, deitar mel de cana e um cálice de aguardente a ver se aqueço.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Eu bebo sim, estou vivendo, tem gente que não bebe e está morrendo

O título é parte da letra de uma canção...mas vamos ao que interessa.
Li, por aí, e acredito sempre naquilo que leio, os benefícios do vinho e como não sou egoísta partilho...

Vinho tinto.
É, sem dúvida, a bebida alcoólica mais saudável. Para início de conversa, é cheio de antioxidantes presentes na casca da uva, que protegem o alinhamento das artérias do coração. A bebida também traz substâncias antimicrobianas, e pode ajudar a diminuir o colesterol ruim, prevenir o risco de câncer do pulmão e o mal de Alzheimer.

 Vinho Branco.
Também traz benefícios, mas tem menos antioxidantes e anti-bactericidas que o vinho tinto, porque, durante seu processo de fermentação, perde propriedades da casca. Todo vinho, porém, segundo a revista, ajuda a proteger os dentes e prevenir problemas de garganta.
Aceitam um copo de vinho? Tinto branco verde ou rosé?
Ah, os da fotografia já foram consumidos! Digam: ohhhhhhhh...

sábado, 4 de fevereiro de 2017

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Poncha da Madeira

Seja ela Regional, de Maracujá, de Hortelã, Tomate Inglês ou Laranja mais que duas dá piela. Mas o amendoim enxuga...
Por isso consumir com moderação. Eu tomei duas: uma de tomate inglês e uma de Hortelã, não sei, mas estou a modos que constipada e a hortelã faz milagres. Não sei é o aguardente!...

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Poncha de tomate inglês

Este fruto é uma delícia, agora imaginem uma poncha feita com esta maravilha. Delícia reforçada.
Esta que aqui está foi feita por mim, servida nestes copos do meu casamento - por isso têm 38 anos e só saem à rua nas datas festivas.
Estão fora do armário isto quer dizer que houve festa.

segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Beber ou não beber leite eis a questão

É tanta a contradição que se ouve, é tal a dúvida que se instala que, digo de verdade, eu já não sei em que acreditar.
Chegou a vez do leite. Se por um lado haja quem diga que o leite é um condicionante a ter bons ossos por outro há quem afirme que é desnecessário nos adultos.
Segundo a minha médica os nórdicos bebem leite desde que nascem até que morrem e, por isso, são altos e espadaúdos, e aconselha a beber leite. Depois li que é um alimentos substituível e, como disse, desnecessário.
Uma pessoa até fica sem saber o que fazer para poder viver mais uns aninhos rija que nem um pêro e consciente, com ossos fortes para segurar toda a estrutura do corpo.
E fica a pergunta: afinal, devemos ou não beber leite?

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Eu sabia que, um dia, isto ia acontecer

Gosto de café quente, bem quente, daquele que borbulha, ainda, na chávena, mas hoje, caramba, queimei a língua. Será praga? É que inveja de pessoas ressabiadas (ai, como adoro esta palavra!) é terrível e, infelizmente, andam por aqui a meter o bedelho, sempre.
Neste momento devem estar a reprimir o riso, o 45, o do gozo, claro, e a estremecer com os ombros devido ao esforço.
Li há dias que "o que é mau destroi-se sozinho" é essa a minha certeza. Vai-se auto-destruindo...lentamente.
Olarilha, esta língua quando queimada solta-se.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Como não sou egoísta e quero fazer o bem...

...serve esta para informar que aproveitei a promoção de uma grande superfície, aquela que começa com "con" a meio tem "ti" depois "nen" e acaba em "te", e já tenho a adega cheia de sumo do Baco até à Festa. Caramba, burra era eu se não aproveitasse este néctar com desconto de setenta por cento!
Custou, mas até arregalo as vistas ao olhar para a quantidade que tenho! E, penso: "e... se arranjássemos motivo para comemorar todo os dias?"
É melhor deixar chegar à Festa, é que daqui a nada é Natal; mas natal não é sempre que um homem quiser?
Deixo ou bebo? Dilemas, esta minha curta vida na terra, só dilemas esta minha vida!

domingo, 9 de agosto de 2015

Festa do Peixe Espada Preto

E que tal uma poncha de tangerina a olhar a baía de Câmara de Lobos, às duas da manhã, depois de dançar até cair ao som dos Abba, é bom não? Pois é, caiu que nem azeitonas!
E se acrescentarmos uma bela espetada no Estreito? Atão, cai que nem tordos.
Contra-senso, ir à festa com a barriga a rebentar de carne quando o mote era o peixe espada. Talvez! Mas a poncha estava divinal!

segunda-feira, 30 de março de 2015

Poder eu posso, mas com calma e quando puder

Domingo cheio de sol e de gente já em biquíni a passear o corpo pelo Paul do Mar...
Estava eu à beira do balcão para pedir duas caipirinhas quando um jovem com uma criança às cavalitas, muito educadamente, pedia-me licença para passar. Eu olhei para ele e mantive- me quieta, sem, contudo, desviar o olhar. Volta a pedir, mas em tom mais alto já com labaredas a sair dos olhos e dos ouvidos.
- Pode-se afastar, por favor? - pronunciando cada letra muito bem, não fosse eu estrangeira ou surda.
Olhei-lhe bem dentro do olho e a sorrir digo.
- Poder eu posso, mas só quando tirar o pé de cima do meu.
E as labaredas dos seus olhos transformaram-se em desculpas. E risos.

sábado, 28 de março de 2015

É mais ou menos isto

Aos que me visitam sirvam-se do belo de um tinto, que ofereci ao meu genro no seu dia de anos, é assim a modos que uma pomadinha para a garganta.
Bem, mas desta já não há "foice" toda nesse dia...Mais houvesse...

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Neste momento, neste preciso momento...

....estou de copo na mão a saborear um Tim-tam-tum. Um néctar dos deuses, uma delícia de licor feito com passas, figos, vinho Madeira, chá preto sem esquecer o alcool para dar aquele calor, vendo as luzinhas do pinheiro a piscar e o Menino Jesus nas palhinhas sem poder provar este licor.
Pena, pena tenho de não conseguir mandar via net um cálice a quem me visita. Mas saibam que bebo a pensar em vocês. Isso chega, não é?

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Se isto não é fazer publicidade...

...atão, publicidade não sei o que é. Mas é bom disso tenho a certeza, pois bebo como daqui para aí. Tão a ver quilómetros? É isso.

domingo, 26 de outubro de 2014

Uma chinesa por um euro e setenta é, bué, caro.

Caro, estapor! Refiro-me à meia de leite que, no meu rural se chama chinesa e, não me perguntem porquê, porque não sei responder, mas, adiante que o avião está mesmo ali e eu ainda aqui a escrever...
Uma meia de leite e, digo assim pois que, ainda estou em solo continental, custou-me 1,70€.
Ora bolas, senhores, com esta quantia ia ao super e comprava uma saqueta de café, um pacote de leite, um copo de plástico...colher não preciso pois não uso açucar e com a águaquente da casa de banho fazia uma chinesa.
Careiros estes estapilhas do "orioporto".
E mais, por este preço a colher devia ser de metal e não de plástico. Ora esta coisa! Eu é que fiquei com os olhos em bico.

sábado, 6 de setembro de 2014

Porque hoje é Sabado

Comecemos com um copo de vinho, de bom vinho, melhor dizendo que fez as delícias cá da escriba, do seu senhor, da madame-nora e, claro, do Bisalho que a muito custo tirou a mão da garrafa.
Bom fim de semana, pois então!

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

A receita do quentão e porque não?

Têm chovido mensagens, telefonemas, imeles, e nunca o carteiro teve tanto trabalho por aqui na minha zona, tudo, mas tudo por causa da receita do "quentão".
E perguntam vocês por que é que o "quentão" aquece e faz sorrir? Ora bem, o nome faz juz à bebida que aquece pa caramba.
Vinho tinto, gengibre, açúcar, canela, umas cascas de limão, cravinho da Índia tudo misturado e...ferver até borbolhar.
Beber quente mas, cuidado, para não cair a pele deibeiças (de tão quente!). Chorar por mais...

Servir em copo de barro para manter o calor.
Se não aquecer o corpo com um copo, não tenha vergonha e sirva-se de mais um. Se mesmo assim não esboçar um sorrisinho não hesite em beber mais um copito e verá as gargalhadas que dá.
Faça a sequência: Beber-cair-levantar-beber-cair e...gargalhar. Tente seguir uma linha recta e verá a dificuldade. Quentão uma bebida que derrete o gelo.

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

Quentão - uma bebida que dá calor e não só

Nem sabia o que era esta bebida, mas assim que provei gostei e aqueci. Estava um frio de rachar lá para as bandas de Santana e, ao queixar-me de frio, diz a senhora detrás do balcão: olhe, para aquecer beba "Quentão". Bem, só pelo nome aferi que ia aquecer assim num estalar de dedos.
E foi. Aqueci o corpo, a alma e soube-me como se fosse a última bebida existente na face da terra. Tomei dois, pois que só com um iria aquecer meio corpo. Saí da taberna feliz quente e a rir. Quentão, uma bebida para aquecer os ossos. E faz sorrir e gargalhar...

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Cavalas com molho de vilhão e Frei João

Até rima.
 E, não é engano, é assim que se diz à boa maneira madeirense: vilhão. E não vilão. A acompanhar uma bela duma salada de alface e um bom dum tinto: Frei João, colheita de 2009.
E vivó velho! Caramba, vai-se uma garrafinha, assim (e eu dou estalinhos com os dedos...)

terça-feira, 12 de março de 2013

Ainda bem que eu bebo Mokambo

Atão não é que li que o café mais caro do mundo é feito com fezes de elefante?

E logo eu que sou dependente de café, só que contento-me com o mais barato qu´isto de beber muitas chávenas durante o dia mexe com o orçamento familiar.
Se não acreditam vejam tudo entrando aqui


"O processo é surpreendente: o elefante come, digere e elimina alguns grãos, que são colhidos de suas fezes, moídos e levados à xícara. Isso porque, segundo pesquisas, as enzimas do animal quebram a proteína do café e deixa a bebida menos amarga. O café é vendido no Thailand's Anantara Resorts, mas actualmente há apenas 50 kg do produto disponíveis para compra. A bebida final tem aroma floral e sabor com notas de chocolate ao leite, nozes e frutas vermelhas." de acordo com o Daily Mail.
A fixar: Black Ivory (é o nome do café)

sábado, 17 de novembro de 2012

Estou tão atrasada!

Desde ontem que não passava por aqui no meu humilde casebre e noto logo que fica cheio de teias de aranha e às moscas. Mas, ontem, foi dia de reunir a família para planearmos a época do Natal.
Por isso, não é tarde nem é cedo para desejar um óptimo Fim de Semana.

E como tal  para acompanhar um mix de peixe frito um vinho tinto experimentado ontem (e o meu copo ornamentado com folhas de vinha virgem, cá da casa). Sim, darlingues, eu sei que com peixe frito é aconselhável o branco, mas dizei-me, onde está isso escrito? Em que manual?
E depois, eu sou fiel à cor, ao vermelho, vai daí adoro vinho tinto mesmo sendo com peixe frito.

Pois então, Bom Fim de Semana ardente e escaldante (não sei onde, mas enfim, é um desejo).