Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Como não sou egoísta e quero fazer o bem...

...serve esta para informar que aproveitei a promoção de uma grande superfície, aquela que começa com "con" a meio tem "ti" depois "nen" e acaba em "te", e já tenho a adega cheia de sumo do Baco até à Festa. Caramba, burra era eu se não aproveitasse este néctar com desconto de setenta por cento!
Custou, mas até arregalo as vistas ao olhar para a quantidade que tenho! E, penso: "e... se arranjássemos motivo para comemorar todo os dias?"
É melhor deixar chegar à Festa, é que daqui a nada é Natal; mas natal não é sempre que um homem quiser?
Deixo ou bebo? Dilemas, esta minha curta vida na terra, só dilemas esta minha vida!

3 comentários:

  1. Sabes que eu tenho outro dilema cá em casa ? ... É que só eu é que bebo e um copo à refeição faz muito bem à saúde ! ... mas já reparaste que se um copo a cada refeição e às vezes branco e tinto abertos, tenho garrafas que chega a durar uma semana !!!
    ... mas há solução ! :)) ... Conheces umas rolhas de borracha especiais, com bomba de vácuo ?... É isso ! ... Com essas bombas de vácuo o vinho está sempre (?) como se não fosse aberto ! ... (pelo menos durante uma semana, ou mais) ! ...
    Vai bebendo ! crsrs

    ResponderEliminar
  2. Bebe um, aproveita as promoções para oferecer as outras :)

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...