Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Decidi arriscar

Pintei as unhas de castanho escuro, coisa que nunca fiz pois sou rapariga de vermelhos, laranjas e cor de tijolo, mas aos sessenta resolvi dar um volta na cor.
Castanho escuro oferecido pelos filhos, genro e nora e, claro, as Minhas PULGAS, no dia dos meu anos.
Adorei a cor escolhida pela Madame (anterior Projecto)-nora que já vai sabendo os meus gostos e as minhas mudanças nos sessenta.
Mostrei às Pulgas e a admiração foi total. "Preto no Natal!?"
Ou, diacho, a cor das unhas tem algo a ver com esta época? De que cor se pinta no Natal? Vermelho?, perguntei. Resposta: Claro.

10 comentários:

  1. Respostas
    1. Isto só cai com vinho seco ou um bom Papa Figos.
      Kis:>}

      Eliminar
  2. Ao menos foste original, considerando que estão todos de vermelho...

    ResponderEliminar
  3. Nunca é tarde para tentar algo novo.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. O vermelho é sem dúvida a cor que caracteriza o Natal por isso é normal que elas façam essa associação!
    Adoro unhas pintadas de preto!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  5. r: Infelizmente, a educação ainda tem muitos cortes, quando, na realidade, é a base de tudo!
    Também gosto de castanho escuro :)

    ResponderEliminar
  6. É assim mesmo, arriscar, variar. Gosto :)

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...