Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

segunda-feira, 27 de março de 2017

A felicidade é como o telemóvel. Temo-la na mão e andamos à procura

Pareceu-me ouvir o telemóvel tocar. Não parece, toca mesmo. Levanto-me apressada e vou a correr à procura do dito que tocava sem parar. Não o encontro. Mas estava mais perto, percebia pelo tom do toque.
E tocava...

Até que dei de conta que andava de um lado para outro, como um mosca à procura da luz, com ele entre os dedos.
Tive-o sempre na mão e procurava-o.

Fez-me lembrar que acontece com a felicidade. Temo-la na palma da mão e procuramos. Camnhamos com ela entre os dedos, debaixo dos nossos olhos e não damos conta. E quando nos apercebemos, deixou de tocar como o telemóvel.

(Pronto, cuidado que as minhas "armonas" estão a saltitar como pipocas.)

34 comentários:

  1. Essa metáfora é a saudade do tê senhor
    a tocar mais alto dentro do teu peito, AvoGi??

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como sou transparente!
      Ele regressou hoje! Estou só. Parecendo que não , faz falta.
      Kis :=}

      Eliminar
  2. É uma boa comparação sim senhora :)
    Que com essa metáfora e tomada de consciência, a felicidade esteja aí bem proxima.

    Um bom dia :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nós, Alex, é que fazemos a Felicidade
      Kis :=}

      Eliminar
  3. Ainda ontem disse o mesmo - "éramos tão felizes e não sabíamos ..."
    Isto é de aproveitar e não adiar.
    Estás cá?
    E gostaste do restaurante?
    É realmente muito agradável.
    Desejo-te uma feliz estadia.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou cá até de hoje a oito dias. Adorei a sugestão...Vou voltar lá e experimentar outras comidas.
      Kis :=}

      Eliminar
  4. A comparação é bem interessante :p
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. UAU amiga que postagem inteligente e condizente contigo!
    Bj e assino por baixo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Gracinha, às vezes da-me para isto
      Kis :=}

      Eliminar
  6. Essa fez-me lembrar, no antigamente, lá no Alentejo. Quando havia burros. O dono do burro, no seu burro estava montado. Com o cachimbo na boca, andava à procura dele. Não sabia onde é que tinha deixado!

    Tenha uma boa tarde de ferias Avogi!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Edu...
      Mas quantas vezes....Não com o cachimbo, mas com outras cenas: óculos, lenço
      Kis :=}

      Eliminar
  7. lol andas pior que eu! Eu pelo menos quando procuro o telemóvel e o tenho na mão ele não está a tocar!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  8. Que profunda! As armonas são umas danadas!
    Se calhar a culpa é do telemovel. Ainda a semana passada andava eu à procura do meu e tinha esquecido completamente que ele estava a carregar. Antes tivesse tocado e eu não precisava andar feito doida atrás dele e o pior é que estava mesmo atrás de mim. lol
    Kiss

    ResponderEliminar
  9. Uma reflexão profunda e muito interessante. Espero poder encontrar sempre o que me faz feliz! As minhas hormonas também andam alteradas :p Não sei se é esta mudança de estação, não sei se é um efeito pós-parto, ou se é outra coisa qualquer ... Mas que as hormonas andam doidinhas, lá isso andam.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. Antigamente dizia-se que cega de amores, está na horta e não vê as couves. Como a menina é mais sofisticada, em vez das couves, ficamos pelo telemóvel.
    Boa metáfora.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
  11. Mas que bela e perfeita metáfora, adorei! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  12. Prima, não são as armonas, são os ares do continente a mexer contigo :)
    Cuida-te e desliga o telemóvel! :D

    Um beijinho

    O Toque do coração

    ResponderEliminar
  13. Nós temos mesmo a mania de não valorizar o próprio jardim... sempre achando q poderia ser mais verde

    ResponderEliminar
  14. Ups, comentei e não aparece nada, acho que as minhas armonas estão piores que as tuas :)

    Dizia eu, ou melhor escrevia eu, que devem ser o ares do continente que te estão a afectar!

    Cuida-te e desliga o telemóvel! ;D

    Beijinhos

    O Toque do coração

    ResponderEliminar
  15. Quantas vezes ela toca e não damos por isso. Excelente comparação!

    Beijinhos Gi

    ResponderEliminar
  16. Pertinente analogia!

    r: Muito obrigada *.*

    ResponderEliminar
  17. Confirma a minha ideia de como pode ser frágil, gostei da comparação, muito bem contada :)
    um beijinho

    ResponderEliminar
  18. Andamos muitas vezes tão distraídos que nem a vemos :)

    ResponderEliminar
  19. Aquela frase tão celebre, que diz: (não há caminho para a felicidade, a felicidade é o caminho) esse caminho que às vezes não é facil, mas é o que eu tento percorrer.
    Beijinho AvoGi :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mena..
      Sabes que não recebo actualização​ do teu blogue? Não actualiza há um ano. Não sei o que será. Já excluí contei a colocar nas configurações tinha igual
      Kis :=}

      Eliminar
  20. Identifico-me tanto!


    Ana Teles {Telita} | blog: Telita LifeStyleFacebookinstagrambloglovin'

    • novo grupo para divulgação de blogs:
    blogs Lifestyle Portugal/

    ResponderEliminar
  21. Também já me aconteceu, andar à procura da felicidadee ela estar mesmo ali à mão. Mas graças a Deus, hoje encontrei-a e já não a largo mais!
    :D

    ResponderEliminar
  22. è o telemóvel , e com óculos, é sempre a mesma cena.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  23. Andamos tão distraídos que muitas vezes nem percebemos que somos felizes, e o quão felizes somos.
    Bjs

    ResponderEliminar
  24. A mim também já me aconteceu o mesmo!
    Obrigado pela correção, essa do "à" sem"H" foi mesmo um lapso.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  25. A mim também já me aconteceu o mesmo!
    Obrigado pela correção, essa do "à" sem"H" foi mesmo um lapso.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  26. Há há há há

    pois deve ser o frio...~_`````

    Xoxo de aqui dos Calhaus nevados.

    ResponderEliminar
  27. Ai quem me dera ter assim tantas "armonas" de felicidade... e que me ajudassem a achar o meu telemóvel, perdido dentro de casa, às vezes... que até tenho de me telefonar a mim mesma... :-D para o encontrar... É uma desgraça!!!! :-D
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...