Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

quinta-feira, 24 de março de 2011

Tal filha tal pai ou tal filho tal mãe

a filha da avogi
 - Vou até lá acima... - disse o mê senhor - ver o que o trabalhador já fez. - Referindo-se ao homem que está a tratar a terra para a sementeira e lá acima é o terreno onde tenho a horta.- Aaaah, e levo o Gu-Gu.
Respondo eu - Vai depressa...antes que ele faça merdinha!
Gu-Gu rapazinho tento à conversa diz...- Cocó.

Boa, mê Gu-Gu pelo menos já sabes o significado de merdinha. E quem sai aos seus...

E fez-me lembrar a sua mãezinha, minha filha, que disse certa vez em que estávamos presos no transito e o mê senhor bufava e sai-lhe pelo boca fora: Esta merda não anda! 
E eu, mãe consciente e educada com uma filha que tinha  sempre as antenas no ar disse: Olha a pequena!
E ela a bater-me nas costas suavemente em jeito de "tá-descansada-mamã-que-eu-não-ouvi-nada" ou então "não-te-preocupes-que-não-sou-mal educada-como-o-papá" disse: "Agora que xou piquinina digo pucaria max quando for grande vou dizê merda como o papá" 

Os exemplos vêm de cima e são para se seguir e se o papá diz...tá dito.
No caso do Gu-gu ele, rapaz filho de sua mãe, também não diz merdinha, mas cocó. Não se pode dizer nada à frente da canalha, não é? As crianças são todas iguais mesmo as que agora têm 20, 30, 40, 50, 60, 70, 80, 90 anos.

18 comentários:

  1. Eles apanham tudo e depois sai-lhes da boca quando menos esperamos lol

    ResponderEliminar
  2. Tal e qual e subscrevo inteiramente!

    A foto está lindissima!

    ResponderEliminar
  3. Hehehehehe!!! Pensamos que estão distraídos e depois saem-se com estas!
    Bj

    ResponderEliminar
  4. Eu também era sopinha de massa!! Boas recordações.

    ResponderEliminar
  5. A gente sai sempre daqui com um sorrisinho nos lábios!

    ResponderEliminar
  6. Oi Gi
    Dá os meus Parabéns, mesmo que atrasado, ao genro. Desejo-lhe muita saúde, paz e realizações.

    Criança e papagaio aprendem pela repetição, mas tua filha...kkkkkk
    Adorei!

    Bjs no coração!

    Nilce

    ResponderEliminar
  7. Eles ouvem sempre tudo, o que devem e o que não devem, :)

    ResponderEliminar
  8. Fantastica foto, tem um olhar profundo


    Ora se uma palavra for dita vezes sem conta deixa de ser um insulto ou uma asneira, por isso ele esta inocente hehehe

    Bjinhos
    Paula

    ResponderEliminar
  9. E voltamos aos assuntos escatológicos...


    Bom exemplo de facto és tu:)

    ResponderEliminar
  10. Bonita a menina...ADN do pai...Na certa:)

    ResponderEliminar
  11. :-) O exemplo bem de cima:-)))
    Avogi aproveito pra deixar já o bom fim de semana e a semana inteira, andarei um pouco afastada dos blogues... bjinhos

    ResponderEliminar
  12. Mais um momento familiar com muita piada. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  13. Quem sai aos seus ... não é de Genebra.
    Linda a menina.

    Um beijo.
    Kao.

    ResponderEliminar
  14. Parabéns (atrasados) ao teu genro.
    A tua filha era muito gira e parece-me que a tua neta mais velha é parecida com a mãe.
    Um bom jantar para hoje á noite e bom fim de semana. Não me parece que tenhas muito descanso.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. MONTANA
    sim, sao muito parecidas.
    e o descanso veio hoje domingo
    kis :=)

    ResponderEliminar
  16. M:M
    claro sem dúvida da mãe só herdou o feitio e nao o ADN.
    kis :=)

    ResponderEliminar
  17. PAULINHA
    atao quer diz se eu disser muitas vezes um palavrão estou desculpada? kis;=)

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...