Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Desejo profundo da Pulga - ser professora!

Disse à Pulga: - Se a avó se atrasar não fiques preocupada. A avó vai deitar o totoloto, a ver...
Interrompe-me. - O que é o totoloto?
Expliquei-lhe que eram cruzinhas em números num papel e sai dinheiro às pessoas.
- A ver se sai algum dinheiro à avó sem ter de trabalhar. Para ficarmos ricas. Não queres ser rica?
- Eu não quero ser rica. Eu quero ser professora.

Ai neta querida, mai lhinda e mais fofa neste mundo não há! Palavras certas as tuas. Se fores professora não serás rica.

Bem, tenho de começar a virar o miolo à rapariga! Basta de docentes aqui nesta família (e deve ser por isso que puxa esta profissão!) Antes sejas dona de casa, casada com um ricaço de um "venezulano", cheio de ouro nos dentes e corrente de diamantes a segurar as calças, mas por favor minha beleza, não vais para professora. Ou então mete-te na política ou...casa com um político, mas do partido maioritário que os outros...são uns bandidos, drogados, bêbedos, e desordeiros. Atenta no que diz esta velhinha. Não me dês esse desgosto. Enquanto a avó for viva tudo fará para te tirar essa ideia maluca da cabeça; deixa a avó fechar os olhos e só depois atão podes tirar esse curso.
Ma que eu não saiba, canão, vou puxar-te as canelas de noite. Tu!...Livra-te!

18 comentários:

  1. Mais uma que não quer trabalhar...lol

    ResponderEliminar
  2. É dissuadi-la, professora só por muito amor à causa!! Bjinho

    ResponderEliminar
  3. E quando o bichinho de se seguir essa profissão pica e nunca mais tem cura? Pois é, por vezes é inevitável...mas mal por mal, que vá para professora de matemática ou de português, dizem que é os que mais faltam :) bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  4. Hehehe... adorei esta!
    Mas olha, me desculpa mas tenho de ser sincéro! Se á profissões que admiro e para mim tem muito valor é ser professora!

    Adorei esta sátira!
    Um beijo grande Avogi.

    ResponderEliminar
  5. Na altura, já é por video-conferência...
    Deixa lá a miúda seguir as pegadas da familía...
    Bjinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  6. faz-se pouco

    aturam-se muitos putos e..

    ganhava-se bastante bem

    e inda não se ganha mal

    um engenheiro nas minas só ripa 1500 e faz turnos e 40 horas por septimana

    casa-se com outro prof (macho ou fêmea tanto faz)

    divorcia-se e cria mais putos que vão ser professores

    que são os putos e ...mais xatos em qualquer sala d'aula

    mais xatos qu'eles só as mães

    ResponderEliminar
  7. Pulga pula tanto, que num desses pulos ela acaba mudando de idéia...rs

    De mais a mais, estão aparecendo cursos e profissões novas a todo momento.

    Muita àgua ainda vai passar por baixo da ponte antes que ela decida de verdade o que quer ser.

    Acredita que quando eu era criança pensava em ser freira?...hehe

    Beijinhos pra você e família.

    Tenham um lindo final de semana.

    Cid@

    ResponderEliminar
  8. Que fofa!!! Até lá pode ser que mude de ideias :)

    ResponderEliminar
  9. Porque não? o que interessa é fazer o que mais gosta com empenho e profissionalismo...o que infelizmente falta a muitos professores.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  10. É o que faz ter maus exemplos na família!
    ;)**

    ResponderEliminar
  11. Gostei.... desmontaste perfeitamente o texto!
    Um beijo deste que pertence aos bandidos, drogados, bêbedos, e desordeiros.

    ResponderEliminar
  12. Ai valha-me Deus...Que desgraça!Não deixes páh*

    ResponderEliminar
  13. A vida de professora é dura... complicada...
    Mas tb acho que casar com um politico não presta... =S

    bjuss

    ResponderEliminar
  14. O que seríamos nós não fossem os abnegados professores?

    ResponderEliminar
  15. Ri a bom rir cara amiga.

    Então não é que a pulguita ainda tem ideais?
    Eu, com 6 anitos, também ambicionava ser Professora. Mas isso era no nosso tempo que poucas profissões se adaptavam à Mulher que se queria emancipar.
    Hoje????? Linda Pulguinha, a AVOGI tem carradas de razão.
    Há tanta coisa gira que se pode fazer por esse mundãoafora que, se a filha da minha Mãezinha vivesse esta época, não se confinaria a este rectângulo à beira-mar plantado.

    Desejo que a tua Pulga reveja o seu sonho porque esse está muito batido.

    Chuac para as duas

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...