Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

quarta-feira, 8 de junho de 2011

E levou uma selampada na cachada do rabo para aprender!

Estava a tia-velha no poliban e eu a esfregar os fundilhos pois havia feito uma buseira monumental que foi necessário uma lavagem de interiores e claro estava agachada...eu, que ela estava agarrada aos varões canão espalha-se pelo chão e tenho de andar a juntar os bocados, e como dizia estava eu agachada com o nariz na zona do cano de escape quando escapa um som assim como um trovão. Não foi um fó-fó, nem um "traque" nem mesmo um pum, nem peidinho, nem tão pouco um vento, foi um grandessíssimo peido nas minhas ventas. Calha bem que foi só som, não veio molho nem cheiro.


-Titia o que é isso? Já não há respeito, ou quê?
- Expediu.- Respondeu. E assim que disse isto dei-lhe uma "tapona" na "cachada" do rabo.
- Aaaai! Tamééeem! - Queixou-se ela.
- Olhe, desculpe! Expediu. E novamente toca a esfregar os "entrefolhos" ainda com mais genica.

E ainda há dias me perguntavam se esta tia-velha era invenção minha ou real. Real meus senhores e minhas  senhoras, tão real como o peido que me deu "nei ventas".

Fotografia: Restaurante em Ponte de Lima, muito bom, pelo menos para mim, e quem bem come...bem peida. (isto hoje é só pum puns, desculpem)

16 comentários:

  1. Oh meu Deus! Coitadinha da Avogi! A palmadita foi bem aplicada, que a tia velha é marota.

    ResponderEliminar
  2. Coitadinha da AVOGI. Não queria estar na sua situação :) ainda bem que não foi mal cheiroso.

    ResponderEliminar
  3. Ah ah ah que máximo!
    Esteja à vontade :)

    ResponderEliminar
  4. Gi, tu és o máximo...
    Isso é o que se chama a insustentável leveza do ser...
    Foi um ar que lhe deu... ^.^
    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Tiveste sorte em ser só explosão invisível !!!
    Não te queixes muito...

    Quanto ao restaurante de Ponte de Lima :
    Conheço vários mas não identifiquei este nas travessas das saladas !
    Quanto ao vinho que bebeste : Pelo contra-rótulo, palpita-me que foi o Muralhas. Terá sido ?


    Um beijo a aguardar informações.

    ResponderEliminar
  6. Item a acrescentar na próxima lista de compras: máscara de gás.

    PS: Talvez fosse bom teres uma conversa com a "tia-velha" sobre a camada de ozono...
    ;)**

    ResponderEliminar
  7. olha, tive que soltar uma sonora... gargalhada!!!

    ResponderEliminar
  8. Hehe que malandra!! Farto-me sempre de rir com as "aventuras" da "tia-velha" ;)

    ResponderEliminar
  9. Eu bem sei de que és capaz.
    Coitadinha da titia.ela não merecia o que lhe fizeste... Nunca saberás a que tempo chegas. Para a próxima, leva uma máscara antigás, ficas mais protegida.
    Quanto ao meu estado, vai de vento em popa. Muito em breve estarei a todo o vapor. Não me apanharás, podes crer.
    Um beijo e um abraço ao avô Jorge.
    F&J.

    ResponderEliminar
  10. Já o disse aqui, esta tua tia faz-me lembrar tanto a minha Mãe.Nas respostas, nas atitudes, na sua esperteza de velhice.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  11. Oh Avogi, aquilo é que foi uma grande falta de res(peido). lololol
    Coitada da tia, é espingarda velha, tem os fechos relaxados. lolol

    ResponderEliminar
  12. Obrigado pela informação e pela confirmação do vinho!


    + 1 beijo ( Consumir produtos nacionais ! )

    ResponderEliminar
  13. Na volta deu umas leguminosas secas à tia!!! Deu carreira de tiro:-)))

    Em Ponte de Lima come se sempre bem:-)
    bjocas

    ResponderEliminar
  14. Estes posts são o máximo! únicos! hahahaha
    Bjs

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...