Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Mas será mesmo?

No dia dos meus anos, e já lá vai um mês, estava a vestir-me logo pela manhã sob o olhar atento da  Pulga, a maiveilha, e reparo que a Pulga, quiçá por me ver só de cuecas, mirava o meu esbelto corpo cheio de pregas, enrugado (ainda não o tinha passado a ferro) mas os seus olhos concentravam-se na minha barriga lisa como uma bola de catchu; e ao vê-la concentrada a olhar para o meu pneu digo-lhe.
- Quando tu tiveres a minha idade também vais ter a barriga grande.
- E as mamas descaídas - acrescenta ela.

15 comentários:

  1. O que eu ri...Eles não perdoam...mas daquilo que conheço penso que ela estava a exagerar!

    ResponderEliminar
  2. Ahhhhhhhhhh credo, mais vale nem lhes perguntar/dizer nada. Aprendi a lição

    ResponderEliminar
  3. As crianças são tão interessantes e dizem-nos cada coisa...
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  4. eheheh... os miúdos, são bons observadores e muitas vezes, deixam-nos sem resposta ! rsrsrs
    ... claro que não posso confirmar ou desmentir ! eheheh
    .

    ResponderEliminar
  5. Essa é a prova de quem nos pões defeitos somos nós, nos lugares que outros nem reparam.
    Tive um namorado que dizia que mulher de verdade tem que ter almofada na barriga para dar molejo na hora do vamos ver.
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Já tinha saudades! Malandreca da pulga!
    Beijocas

    ResponderEliminar
  7. rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs Aproveita para lhe explicar o efeito da força da gravidade (para além do da gravidez, esta talvez não, há quem não queira ser mãe para não estragar o corpo)
    Abracinho meu!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. MARI TERE
      deixai crescer e logo verá, mas acho que fez comparação com a da mãe que quase quase nem existem
      kis :=)

      Eliminar
  8. As crianças reparam em cada coisa, traquinas! :P

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...