Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Para rir...

No pátio de uma penitenciária em Angola, a directora pega num megafone e anuncia:
- "Tenção cambadivagabundu, chega di moleza! Quero ocês tudo devassora na mão, limpandesse chiquero, que ocês mora.
Quero tudim tudim limpim! Modi qui, amanhã nóis vamo recebê o Presidente Cavacos Silva e os Primeiro Ministro Passos Coelho."
Um preso comenta então para o colega ao lado:
– TÉQUINFIM, PRENDERO OS FIDAPUTA!

11 comentários:

  1. Vê lá se ficas responsável pelo não investimento de Portugal em Angola !
    Óspois, a directora metete a vassora nas mões !!!

    ResponderEliminar
  2. Obrigado por teres iniciado o meu dia com humor.
    Estamos entregues aos bandidos.
    Estou preocupada.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Não percebo.
    O meu comentário ficou?

    Beijinho

    Continua a sorrir, ainda não se paga por isso.

    ResponderEliminar
  4. Ahhhhhhhhhhhhhhh devia ser verdade e não anedota.

    ResponderEliminar
  5. Ahahahahahah;)
    Obrigada foi a minha primeira gargalhada de sexta-feira!
    Tomara fosse verdade...só esses dois era poucoxinho, mas era um começo!!!!

    Jinhos

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...