Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

quarta-feira, 17 de abril de 2013

E já lá vão trinta e três

Mais um ano para festejar e por favor digam: 33. Mais uma vez: 33.
Nem eu acredito que já fez trinta e três!...

Hoje, dia 17 de Abril, faz anos que nasceu aquela que futuramente daria o mote a este humilde casebre. A mãe das Pulgas.
Parabéns e muitas, mas mesmo muitas, felicidades e alegria.

33...33...33... custa-me a dizer...tenho de me convencer que a idade também avança para a malta mais nova e não é só um custo para os idosos.

8 comentários:

  1. Um beijinho de parabéns à "mãe das pulgas".
    Coitadinhas das miúdas!
    Que alcunha tão esquisita :(

    E para a avó das "pulgas, senhora na casa dos 90 e muitas rugas (eheheh), um kiss.

    E eu é que sou o "reles". Toma e embrulha.

    Um dia feliz para todos vós.

    ResponderEliminar
  2. Muitos beijinhos para as duas.
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  3. Olá! Gostei do seu blog, parabéns. Seja bem vinda para fazer parte do meu. Um abraço, fk na paz! http://blogelianealves.blogspot.com.br/
    facebook.com/elianealvesdamacena

    ResponderEliminar
  4. Muitos parabéns para a filha e para os pais também. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  5. Parabéns à mãe, à filha e ao espirito santo ups ao pai... ***

    ResponderEliminar
  6. Pois o dia já passou e a mãe Pulga, já tem 33 e 1 dia ou horas conforme.
    Parabéns à mãe e avó Pulguedo, que tenha sido um dia bem passado.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Parabéns à Filhota e familia.
    Muitas Felicidades

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...