Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Mãe do Ronaldo só há uma

O nosso madeirense Cristiano Ronaldo (que teve muita dificuldade em se fazer entender quando foi viver para Lisboa aos 10 anos, diz quem sabe; eu não sabia da dificuldade...e à custa disto fui apelidada de inculta) pediu à sua rica mãezinha, Dolores Aveiro, para cuidar da sua comidinha para que não contenha qualquer gordura.

"A preocupação do jogador com a sua forma física e o seu rendimento é tal que precisava de uma ajuda extra para continuar com o seu exigente regime. A mãe até revê os menus dos restaurantes onde Cristiano vai comer, diz a mesma publicação online.
Mesmo depois de ganhar a Bola de Ouro, Cristiano não relaxa. As suas refeições não podem ter gorduras, molhos ou fritos. Dá preferência a massa, arroz, verduras e peixe, sempre no forno ou na grelha. Também não come chocolates e outros doces e não toca em álcool.
A sua obsessão com o regime alimentar já lhe valeu o apelido de ‘estranho’ por parte dos seus colegas de balneário."

Ai, mê rêque fêlhe, não sabes o que perdes! E saía já uma sandes de carne de vinha d´alhos e uma poncha de tangerina. Ou de pitanga.

1 comentário:

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...