Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Mas há dúvidas?

Quer se goste ou não do Ronaldo, não há dúvida de que é: O Melhor do Mundo.
Até eu fiquei emocionada ao vê-lo, ali, a receber o prémio, falando em português, emocionado; a mãe, e minha amiga Dolores, a chorar, caramba, até eu chorava se fosse o meu filho. Seja ela quem for, seja ela quem tenha sido outrora , agora é a mãe do melhor jogador do mundo, e isso dá-lhe estatuto, dá-lhe orgulho. E ali houve um momento inesquecível até o pequeno Cristianinho já sabe deitar uma lágrima.
Gostemos ou não dele, é nosso, é português, bem.... é madeirense, com a pronúncia inconfundível de ilhéu... e é o melhor do mundo.
Obrigada, Ronaldo.

3 comentários:

  1. Não vejo futebol mas sei dos seus feitos e claro que gosto dele e ao saber até fiz um post.

    Quem o critica ou julga, a meu ver é mais dor de cotovelo do que outra coisa.

    PARABÉNS MADEIRA por este filho da terra

    ResponderEliminar
  2. Ronaldo é do caraças
    Salta mais alto,
    Salta até às lágrimas!

    ResponderEliminar
  3. Quer se goste ou não do futebol, creio que todos nós não pudemos conter umas lágrimas nestes últimos dias !
    Curioso como dois sentimentos tão diferentes, até opostos - alegria e tristeza - provocam idênticos resultados,
    . de natureza tão diferente !

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...