Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

domingo, 28 de dezembro de 2014

Acabava já hoje

Falo da época natalícia. Por mim, dava por encerrada as festividades.
Assim que o mê bisalho vai, o Natal acabou. Olho as decorações e um desejo mórbido de desmanchar passa a correr por mim.
Ele foi ontem e, volvidos catorze anos, ainda choro no aeroporto como se fosse a primeira vez...
Ai, avoGi, ele está ali, em Braga, dizem-me, numa de encurtar as distâncias, e eu respondo: é como se estivesse na Austrália.
É difícil para mim e para ele também. Mas porque é que os filhos crescem e procuram vida própria?

9 comentários:

  1. Custa sempre estar longe dos nossos, mesmo que a distância não seja assim tão grande. O facto de não podermos estar com eles é motivo suficiente para que essa distância nos pareça maior

    ResponderEliminar
  2. A vida é isto... um eterno chegar e sair...

    Beijoo'o
    flores-na-cabeca.blogspot.com

    ResponderEliminar
  3. Por que é assim.... Nós damos-lhes as asas e ensinamo-los a voar e eles querem voar sozinhos. Abraço

    ResponderEliminar

  4. É a vida... e não há volta a dar!

    Não te esqueças é que de vez em quando, quando "Maomé" não puder ir à "montanha"... trata de inverter os papéis... que eu cá estou à tua espera!

    Um beijo no teu coração de mãe

    ResponderEliminar
  5. r: É verdade, sou romântica. Quanto a sair amor aos molhos pela boca já é questionável, depende dos dias :p
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Alguns. Outros nem crescem nem procuram vida... :/

    Há cangurus em Braga? xD

    ResponderEliminar
  7. Claro que custa. As despedidas deviam ser proibidas por lei. Mas depois, isto dos ciclos, era capaz de emperrar!!! Beijinhos. Braga fica logo ali mais para cima, é num instante!

    ResponderEliminar
  8. Imagine o que sentem os meus pais quando me vêem partir para Macau quando aí os vou visitar!
    É a vida...
    Boa semana

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...