Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

sábado, 29 de agosto de 2015

Sou mulher fiel

É do conhecimento geral quão gulosa eu sou por poncha. Para não perder o paladar ontem foram a modos que cinco. Mas, atente-se foi desde as sete da tarde às cinco da manhã, com incidência por volta das dez.
Poncha é aquela bebida tradicional da região que é um néctar divino. Atão agora há de tudo, desde couve e hortelã à tradicional "à pescador" que, quanto a mim é mesmo forte e só homens de barba rija e mulher de armas é que bebem. Eu bebo, prontus, já disse; não venham os "carrapatos de estimação" ou seja os anónimos lindos e fofinhos (e já agora vão até até à...que eu mando, sim? E fiquem por lá.) chamar-me epítetos menos bons...
E ontem deu-me para inovar no capítulo das ponchas. E comecei com a minha escolhida a nível de sabores por ser muito nossa. Pitanga. Olhem nem sei o que dizer, ah, já sei, era boa pa deu-deu. Depois tomate inglês, tangerina, maracujá e para finalizar em beleza a mais forte de todas. "Regional" de seu nome. Ah, aquietem-se que bebo ao natural. Detesto a adulteração do sabor em virtude do gelo se derreter.
Portantus, vinde aqui e provai a poncha e escolham de entre os variadíssimos sabores. Faz-se poncha de todas as frutas até de anona.

13 comentários:

  1. Nunca fui á Madeira mas quando for vou provar essa coisa da poncha! Prometo.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Já provei, mas não na Madeira. No entanto, tenho que o voltar a fazer :)

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  3. Adoro o sabor da poncha... por acaso acho que vou beber uma daqui a uns dias :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vens cá à RAM? Boa estadia e se precisares de ajuda em algo não hesites em pedir.
      Kis:=>)

      Eliminar
  4. Também gosto, Gi !!! :))) ... de Poncha e de Broa de mel, do Vinho da Madeira e do milho frito, da espetada de atum e do espada preto ! rsrs
    ... e principalmente de estar na Madeira !

    Bjs e Bom Domingo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rui, desculpa a pergunta ms dizes "espetada de atum?" não conheço, qiiçá nalgum restaurante inovador...é que por aqui o que não falta é lugares a "inventar" receitas.
      Kis :=>)

      Eliminar
    2. Já foi há uns anos que a comi e na dúvida fui agora ao Google e encontrei. Não garanto que tenha sido esse "Chef Tiger" (???), mas era essa espetada de atum (mal passada) grelhada !
      http://expresso.sapo.pt/multimedia/infografia/infografia_chef_tiger/espetadas-de-atum-com-milho-frito=f901177

      Ainda agora nos Açores, comi um naco de atum grelhado, mas não gostei tanto, porque ficou um pouco passado demais e mais seco (também por ser muito grosso).
      Eu sei que o normal é o bife de atum que adoro e a espetada de carne ! ... mas gostei muito da espetada de atum com o milho frito !
      Se vires nas imagens de "espetada de atum" do Google, aparecem muitas fotos !
      Bjs e bom apetite.

      Eliminar
    3. Rui, segui oteu conselho e ggoglei. Fiquei estarrecida. Regional é o bife de atum com cebolada que é muito apreciado com milho cozido. Atum salpresado com selmilhas feijao pimpinela batata doce tudo cozido com casca e é pela altura do São João, ou melhor, é "A ceia de São João".
      Agora espetada de atum nunca comi, mas sou mulher para experimentar é que,'nem nas ementas eu me apercebo disso.
      Kis :=>)

      Eliminar
    4. AQUI , uma outra versão.  Pelo Chef José Avilez  (link)
      Sabes que este Chef é do melhor que temos em Portugal ? ... rsrs

      Eliminar
    5. Prontus, em portugal ...disseste tudo. São as tais inovações de que falei. Antes do chef já minha avó bisavó e acho que a tetravó cozinhava atum, era a modos que o peixe dos pobres juntamente com a espada chicharros e cavalas. Estes novos chefes afulteram os pratos tradicionais. Digo-te nunca comi expetada de atum, acho ateé que ele, oatum por ser um peixe que se lasca facilmente assim que se tira do espeto ele abre-se. O mesmo nao acontece com a esptada de vaca ou frango. Ou até de porco.
      Kis :=>)

      Eliminar
  5. Poncha de tangerina do É prá Poncha!, em Câmara de Lobos (se bem me recordo), e eu era uma Corisca bem mais feliz agora!!!

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...