Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Quem pode pode

Ronaldo já tem avião, li no jornal. Tendo em conta o preço das viagens de e para a Madeira nos períodos de Natal, Fim do Ano, Páscoa e fins de semana compridos é capaz de ser mais barato comprar um avião, quiçá foi a solução mais barata que encontrou para sua mãe vir comemorar o seu aniversário, na terra onde a viu nascer, a saber é na noite da Passagem de Ano. Se calhar vou fazer o mesmo. Certamente não sabem, mas as viagens de e para Lisbos, no Natal estão a um preço pornográfico, desculpem a expressão, mas agora usa-se. Setecentos euros é uma obscenidade. Fazendo contas de merceeiro setecentos para ele, mãe, filho, mais a comitiva que o acompanha dá uma coisa para cima de vinte mil. Mais vale comprar um avião. Ora bem!
Se pretendem ler entrem aqui

4 comentários:

  1. Eu só não tenho é uma garagem com bom espaço, senão fazia o mesmo. O petróleo está a um preço jeitosos, e, quanto maior o depósito maior o desconto. E ao fim se semana, nem se fala do que aí vai de promoções. O rapaz tem "olho".
    Bom dia.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  2. Eu ainda não comprei porque o meu marido, que como sabes é madeirense, desde uma célebre viagem à Madeira em 2009 deixou de andar de avião porque teve um ataque de pânico, senão já tinha uma dúzia deles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma dúzia? Epá, como o gelado, ainda me oferecias um pelo'Natal.
      Kis :=>)

      Eliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...