Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Estou num dilema

Aliás é mais que isso, poderia dizer num decilema, uma vez que são dez os candidatos à Presidência da República, um leque tão diversificado de nomes, profissões, idades e ando aqui à espera que surja o ideal. Tipo el rei Dom Sebastião-o Desejado.
Não sei em quem votar, quiçá a mistura de todos, desse o perfeito mas, para isso, teria de os meter todos no liquidificador e aproveitar o que de lá saísse.
Ingrato, não?

3 comentários:

  1. Prima, um puré de candidatos devia saber mal ? :)

    Vá lá, decide-te pelo mais sumarento :))

    Um beijinho e bom fim de semana


    ResponderEliminar
  2. Estou na mesma. Mas de certeza que não vou pelo Marcelo. Não me convence.
    Bj. D.

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...