Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

domingo, 3 de janeiro de 2016

O que faz a simpatia

Num passeio em que demos com um casal - que eram amigos na altura, o mê senhor quis ser simpático em passar as fotografias do cartão de memória da máquina fotográfica desse casal para o nosso computador porque o cartão estava cheio e não tinha outro para substituir. Até aqui tudo normal só que o cartão tinha vírus e imaginem quem ficou viruloso. Claro, o computador cá da gente. E, o mais engraçado, é que o palerma ainda se riu e gozou quando lhe dissemos que o computador teve de ser formatado devido ao vírus passado do seu cartão.
A gozar que "a máquina tinha virus". Parvo, o que tinha virus era o cartão não a máquina. Uma pessoa faz-se simpática em passar as fotografias, fica com o pc com virus, nem exige o dinheiro do conserto e ainda gozam. Com amigos destes...

1 comentário:

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...