Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Quando as crianças são os reis da casa. E mandam e desmandam

Quando os príncipes e princesas, como agora se banalizou, são reis e rainhas da casa e decidem o que fazer sobre assuntos de adultos.
Bole-me com o sistema nervoso central quando presencio pais a deixarem a decisão para as crianças sobre assuntos da vida familiar.
Entendo que elas sintam a necessidade de se sentirem presentes com a sua opinião mas deixar a decisão para crianças de tenra idade é dar-lhes uma tarefa, um peso, demasiado pesado para transportar. E sofrem por não poderem solucionar os problemas da família.
Excelente artigo este que li, hoje, e não posso deixar passar sem partilhar.

4 comentários:

  1. Embora não tenha ainda grande voto na matéria, por enquanto concordo com o artigo!

    ResponderEliminar
  2. Penso que o artigo está um pouco exagerado, mas que eles mandam em muitas coisas, lá isso mandam

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gaja, pelas minhas mãos já passaramcrianças assim. Até decidiam se os pais compravam um bar ou um restaurante.
      Kis:=)

      Eliminar
  3. Isso é quase maus-tratos.
    As crianças é que decidem??
    Que idiotice!
    Bjs

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...