Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Para educar é preciso tanto livro?

Se para educar é necessário tanta leitura, tanta consulta no livro da educação pergunto:
Porque razão há tanta criança mimada, obstinada, teimosa a mandar nos adultos?
Tanto leitura para educar, prateleiras cheias de livros sobre psicologia infantitl e depois é o que vê.

Ai almas do Purgatório naquele tempo não era assim, não havia livro não esperávamos que a nossa mãe lesse a página referente à gestão de conflitos antes de dar o correlativo adequado, aliás o correlativo era sempre o mesmo para qualquer situação. Mas nós fazíamos birras naquele tempo?
Mas hoje é assim:
Ao fazer a birra a mãe consulta a página referente e decide o que fazer. Esta birra merece uma tapona bem dada no rabo, um ralhete ou vai de castigo para o quarto e reflectir sobre o assunto?
Antigamente um simples olhar, um revirar de olhos, um sobrolho levantado era sinal de que algo estava errado. E já ficávamos à espera do que por ali vinha. Sem livros, sem páginas marcadas, o que ficava marcado era a nádega!

10 comentários:

  1. Acho que antigamente havia mais respeito. Para mim isso é o essencial.
    Lembro-me que bastava os meus pais me olharem de lado, que eu ficava logo em sentido.
    Agora não. Os pais quase têm medo de falarem com os filhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que é isso "medo de falar" medo do que os filhos possam fazer....Das retaliações
      Educar é complicado mas há que ter persistência e nunca esquecer os princípios básicos
      Kis :=}

      Eliminar
  2. Sen tapanas no rabo, Avoginha,
    não dá descanso aos comentadores
    depois do almoço antes da noitinha
    ai no seu jardim junto das flores
    prepare lá uma boa merendinha!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai Edumanes...Tem dias assim é conforme vou lendo por aí..M
      Mas merendinha ... Já era acabei de resfastelar-me com meio pão com banana...Da madeira
      Kis:=}

      Eliminar
    2. Ninguém diga que não,
      um lanche à sua maneira
      à tarde comida com pão
      a boa banana da Madeira
      dá saúde, faz bem ao coração!

      Eliminar
  3. Realmente, isso é verdade.
    O respeito não vem nos livros.

    ResponderEliminar
  4. E não são só livros e tratados. Agora recorrem aos fármacos a partir dos 3 anos. Usam Ritilina para o défice de atenção.
    Uma loucura!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Numa turma há 4 referenciados e encharcados em ritalina.
      Tive alunos com deficit de atenção que era só mal-educaçao.
      Um desassossego
      Kis:=}

      Eliminar
  5. Ui, ui, dar uma palmada??? Temos logo alguém à espreita para fazer queixa à CPCJ!!! Ao que se chegou!!!
    http://araparigadoautocarro.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  6. Hoje uma palmada na nadega é maus tratos....

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...