Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

quarta-feira, 1 de março de 2017

Se tu visse o que eu vi o-i-o-ai

Como já referi, ontem, foi um dia "pra lá de Bagdade" de bom tanto a nível da comida como o passeio. Alias, passear à beira-mar tem o seu quê de romantismo. Não é para onde vão os casais namorar?
Oras, estava eu a passear pela marginal do Paul do Mar, quando a fazer uma panorâmica de 180 graus, olho para o hotel sobranceiro à dita marginal e que vejo.
Vejo....
Vejo um turista na varanda do seu quarto de hotel completamente nu a assistir ao belíssimo pôr-do-sol, de pé, com as mãos pousadas no varandim, com total desembaraço, nada acanhado, sem se preocupar com quem estava a passear na marginal.
Uma descontracção que deixa com contracção quem por lá passava.
Haja decoro.

21 comentários:

  1. viva a natureza, viva a liberdade, viva a falta de vergonha, porque é carnaval e ninguém leva a mal lol
    ao menos tinha alguma coisa de jeito para ver? ahahah
    Kiss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana, Querida conterrânea...
      Nada de jeito...Pequeno, velho, entroncado e dependurado...E a mulher tb estava nua...Gorda, velha, cheia de dobras....
      Kis :=}

      Eliminar
  2. Aconteceu o mesmo ... em Viana do castelo!
    Esse olhar é precioso!!!bj

    ResponderEliminar
  3. Deixa lá a criatura arejar as intimidades. Estrangeiro certamente, nao se preocupa com os nativos - são uns camelos, os estrangeiros, é claro.

    Não fui a Linhares da Serra nem fiz a rota dos castelos, mas já registei a sugestão. Obrigada .
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nina...
      Um desassossego...Estes que vêm para aqui a pensar que estão no deserto onde só existem camelos.
      Kis :=}

      Eliminar
    2. Camelos são eles!
      E ainda por cima mal amanhados!
      Beijo

      Eliminar
  4. Ah ah ah, haja à vontade e descontracção! :D Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  5. Acredito, vistes tu,
    arejando o pincel
    um turista todo nu
    na varanda do hotel!

    Tenha uma boa noite Avogi!

    ResponderEliminar
  6. Prima, com um espectáculo desses tu foste fotografar o mar ?

    Beijinho ;)

    ResponderEliminar
  7. Seu Blog é lindo!
    Ja estou seguindo aqui e
    aguardo sua visita no meu
    Blog Espelhando.
    Bjins
    Catiaho Alc.

    ResponderEliminar
  8. Devia ter sido caso para dizer, como tu titulaste:
    « Se tu visses o que eu vi ó-i-ó- ai, havias de te admirar, ó ai meu bem»

    Agora fizeste-me rir. Devias era de ter virado para lá a câmara, isso é que era. ;))

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Adorei o blog e a forma leve como tu conta tua narrativa :*

    http://a-cacheada.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  10. O lagarto na varanda,
    pois, não se sabe ainda
    se enrolada numa manta
    onde estará a avoginha?

    ResponderEliminar
  11. OI querida
    Existem pessoas e pessoas. Poderia passar perto de mim nem daria bola, se mexesse comigo chegava em casa pela metade.kkk
    Beijinhos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lua...
      Achei uma falta de educação para nós que vivemos cá. Uma falta de civismo.
      Kis :=}

      Eliminar
  12. Todo ele queria assistir ao pôr-do-sol, é legitimo :p ahahahah

    r: Sem dúvida!
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  13. É Carnaval ninguém leva a mal.
    Mas cuidado com o sol não se lhe vá queimar uma parte do corpo extremamente sensível :)))
    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Há há há há
    são os calores ~_``````

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...