Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

quarta-feira, 15 de março de 2017

Seria o milagre que tanto espero

Para dormir, como um anjo, nada melhor que juntar três factores no quarto: arejado, escuro, silêncio.
Eu, rapariga que sentada no sofá dormita mesmo que o filme seja de acção e faz aquele esforço mórbido para ver até final e quando dá por si tem a baba a escorrer pelos cantos da boca e os óculos dependurados no nariz mas virados para Marrocos (que fica ali em frente), assim que desperta do sono, olha para a televisão e fica como que perdida pois que no seu cérebro de abóbora amarela cheia de pevides, não percebe que o filme que começara a ver já acabara há, sensivelmente, uma hora e três quartos e que este já é outro.
Atão, a rapariga que sou eu levanta este corpo que já foi danone, mas agora é Michelin, agarra nele ainda cansado e todo torcido que mais parece uma rosca, devido a estar sentado no sofá, e leva-o até à casa de banho para fazer o que tem a fazer neste sítio, despe-o, ou melhor tira o robe, fica com o rico pijama de bordado Madeira e deita-o. Assim que o deita no quarto arejado, escuro ...descobre que não há silêncio. E porque não há silêncio?, perguntam vocês que tudo querem saber? E eu respondo porque não sou de meias palavras. Por que alguém, que não me atrevo a dizer quem, toca piano. E saem uns acordes musicais, tipo tum tum tum tum acompanhados de uns suspiros como se competisse com Bitoven.
Mas a rapariga que para dormir precisa dos três factores juntos, e só tem dois, decide acompanhar o ritmo mas a dançar o fandango, desatando a dar pontapés no pianista. Pelo menos, durante um instante deixou de tocar piano.

19 comentários:

  1. Ah pois é! Sem esses três factores torna-se mesmo complicado adormecer. Como costumam dizer... "se não os consegues derrotar, junta-te a eles" que é como quem diz, adere à orquestra e toca...violoncelo? ahaha
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ana...
      Não sei ficar a não ser camapainhas de porta, mas sei dançar . Além do nosso "bailinho" o vida é o fandango fazem parte do meus cores.
      Kis :=}

      Eliminar
  2. hehehe... Essa música não tem nada de embalar. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Embalada fiquei eu depois de dançar o fandango
      Kis :=}

      Eliminar
  3. Banqueteava-me todos os dias do seu humor apetitoso e tenho de fazer atenção para não mudar num homenzinho de Michelin.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Alfacinha, tu toma cuidado não comas o meu humor... Saboreia-o, canão somos dois Michelin
      Kis :=}

      Eliminar
  4. Ahahah, o que me fartei de rir, coitado do pianista! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chiça...
      Já lhe pus uma mola de roupa no nariz, mas descobri que respira pela boca. Só se puder um lenço à cauboi (inglês)
      Kis :=}

      Eliminar
  5. Sentindo forte rebeldia,
    essa rapariga, no coração
    onde o silêncio não se ouvia
    mas que grande confusão.

    Pontapeou o pianista,
    fez trinta por uma linha
    louvada seja humorista
    muitos parabéns Avoginha!

    Tenha uma belíssima tarde,
    e se por acaso tiver calor
    fuga para longe dessa soalheira
    vá para a sombra daquela árvore
    sente-se no chão se não tiver cadeira!

    Que seja bem à sua maneira,
    para não andar por aí à toa
    a pensar no bailinho da Madeira
    esteja no Porto ou em Lisboa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Edu...
      Fico sempre sem palavras diante de tamanha propensão a versar.
      Ai home do demo...
      Tu és único. Obrigada pelas quadras
      Kis :=}

      Eliminar
  6. Hé hé hé hé
    e pois é
    que ainda temos Pé
    pó Bailinho...~_````

    Feliz dia e um Xoxo de aqui dos Calhaus
    onde somos mais
    pró Malhão do Vinho...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Beites...
      Havemos de dançar um dia eu. Malhão e tu o bailinho
      Kis:=}

      Eliminar
  7. Ai quem me dera ter metade do eu humor.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Elvira...
      Tu tens jeito para contos, e eu só tenho jeito para ler... os teus contos.
      Um dia podemos juntar RAR os dois jeitos
      Kis :=}

      Eliminar
  8. O que eu já me ri!
    Estou a imaginar-te aos pontapés ao pianista, eu que adoro piano, se calhar juntava-me para uns acordes desafinados :) :)

    Beijinhos Gi

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me digas que tocas piano...na cama. Olha, Manu,eu sou mais estilo "partir pedra".
      Kis :=}

      Eliminar
  9. Ainda bem que o pianista não é tenor... senão o som... seria mais profundo... :-D
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...