Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Muitas vezes nem damos conta o quanto é reconfortante

Um banco, um jardim, relva, uma paisagem outonal, e eu que procurava um lugar para descansar, encontro-o ali, ao virar da esquina, onde o vento faz a curva. Tão perto e nem sabia o quanto é apaziguadora esta quietude.
Não é preciso muito para ser feliz

21 comentários:

  1. Só precisamos de aprender a dar valor àquilo que se encontra tão perto :)

    r: Oh, muito, muito obrigada! Fiquei de coração cheio.
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Já nem me lembro da ultima vez que me sentei num banco de jardim!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  3. Foi das coisas que aprendi a apreciar e que adoro, desde que comecei a fazer as minhas caminhadas matinais.

    ResponderEliminar
  4. Parece um sítio bom para se estar com um livro :)

    ResponderEliminar
  5. Dizem que as melhores coisas da vida são grátis. Bj

    ResponderEliminar
  6. Estou melhorzinha
    Não precisa de muito mesmo para ser feliz
    Adorei a imagem, deu-me uma serenidade ímpar
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderEliminar
  7. Que lugar lindo, calmo e pacífico, só a foto já transmite paz! :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  8. Realmente a felicidade mora nas coisas mais simples :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Verdade que basta virar a esquina e encontra esse lugar lindo? Com esse banco?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Liliane...
      Verdade. É perto da minha casa. Os meus netos vão de bicicleta eu vou a pé.
      Só hoje reparei como era reconfortante. Um jardim onde passo diariamente.
      Kis :=}

      Eliminar
  10. Basta olhar em volta com olhos de ver :)

    ResponderEliminar
  11. Deixa no cabide o sobretudo,
    porque, é primavera não faz frio
    debaixo daquela árvore sem fruto
    estou vendo aquele banco vazio!

    Sendo a árvore do futuro,
    a água alimenta-lhe a raiz
    para quem lhe comer o fruto
    na vida se sinta muito feliz!

    ResponderEliminar
  12. Ohhhhhhh que bom!! é verdade, às vezes não damos valor às pequenas/grandes coisas que nos fazem felizes.
    Jinho

    ResponderEliminar
  13. É destes lugares que gosto de encontrar no meu caminho, sentar, relaxar e contemplar.

    Beijinhos Gi

    ResponderEliminar
  14. Eu ando à procura de sol.
    Que teima em fugir de mim.
    Bjs
    Votos de uma Santa Páscoa

    ResponderEliminar
  15. Um banco ,o canto dum passarinho e um livro na mão .Momento para gozar da vida.
    Abraço

    ResponderEliminar
  16. Aí está uma verdade...das pequenas coisas se fazem os grandes momentos da vida.

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  17. Não é não!!!
    E num lugar assim...o prazer da tranquilidade...ninguém nos tira!!!
    Bjoca

    ResponderEliminar
  18. Nada mais certo!...
    Nunca é preciso muito... nós é que gostamos de complicar...
    Que imagem espectacular!
    Adorei! Beijinho
    Ana

    ResponderEliminar
  19. Bela imagem do rural, primaveril.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Esta imagem transmite paz. Realmente não é preciso muito para ser feliz. Cabe-nos a nós encontrar a felicidade nas coisas simples da vida ;)
    Beijinho

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...