Pulgas, Pulgas, Pulgas. Para qualquer lado que me vire encontro sempre uma. É à frente, é atrás, é em todo o lado, mas no colo é onde poisam. Perseguem-me. Fujo, escondo-me, mas encontram-me. São pequeninas e saltitam muito, dificilmente as agarro porque não param um minuto. Não há no mundo pulgas como estas, porque são: "As minhas Pulgas".

quinta-feira, 8 de junho de 2017

Estava a morrer e ressuscitou

A minha filha tinha uma Phalaenopsis mais murcha que os dedos quando estão muito tempo na água. As quatro folhas que a compunham estavam a apontar para o chão de tristes e cansadas e, quiçá a precisarem de um alento para prosseguir.
Ela disse que a planta não dava nada assim naquele estado . Eu, como boa samaritana, livrei-a (a planta) de morte anunciada  e recolhia na minha humilde casa.
Prestei-lhe os cuidados paliativos, facultando-lhe: bem estar, apoio psicológico e emocional. Até música lhe dei. A planta, cujas folhas olhavam para o chão, aos poucos elevaram-se para o alto.

Eu estava satisfeita com a progressão da dita phanaenopsis, lenta, mas mesmo assim a arrebitar. Mudei de vaso, deitei terra fresca e quando a minha filha veio buscar as Pulgas, eu quis logo mostrar a evolução da planta.
 Ela olha para a planta e...
- Óh, mas não tem flor!
Ora agora! Já queria uma flor! Na próxima espeto-lhe uma de plástico do chinês.

E, depois, minha filha, aqui nesta casa tudo floresce, mas leva o seu tempo. É como o dinheiro, sempre vai aparecendo, demora é muito.

19 comentários:

  1. Sábias saídas Menina... Há há há há

    Bom e feliz dia de aqui
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Ahahah, mas haverá alguém melhor que as mães para nos ajudarem e salvarem seres vivos?! =)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Olá, a planta bem tratada normalmente compensa com flor quem a trata, tudo tem o seu tempo, se a Gi quiser eu posso emprestar-lhe uma maquina para fazer dinheiro, é eficiente na rapidez e na qualidade, até faz notas de mil euros.
    Toine Marafade

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quero quero quero........JÁ. tou a precisar de bués dele.
      Mando- te a direcção e vens cá entregar ou vou aí???
      Bem, enco tramk-nos a meio......no atlantico norte
      Kis :=}

      Eliminar
  4. Querida avó Gi, se pensar em adopções,aqui estou eu com um arraial de flores assim ... :)
    bjinhos

    ResponderEliminar
  5. Pois, para favor, favor e meio.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. Tive que ir ver o que era essa flor com um nome tão pomposo, afinal é uma orquídea :)
    Deves ter o dedo verde, como se costuma chamar às pessoas que têm jeito para o cultivo das plantas.
    Só tu para fazeres ressuscitar uma Planaenopsis :) :)

    Beijos floridos

    ResponderEliminar
  7. Sim senhora...mas que chique, Mana.
    Mais do que chique: chiquérrima.
    Eu, na minha humilde simplicidade, lá sabia o que era uma Phalaenopsis?!?!
    Lá tive que ir pesquisar e, oh surpresas das surpresas...é uma bonita espécie da variegada família das orquídeas. Encontrei até um site que explica, tim-tim por tim-tim, como de deve cuidar das ditas para florirem profusamente, em quantidade e beleza.
    Agora vai lá tu à procura. Só para castigo de nos teres feito vir aqui abrir o coraçõn, dizendo o que gostaríamos que respondessem a quem, um dia, perguntasse por nós e nem te dignas elogiar tão pronta boa-vontade...Onde é que já se viu tal desconsideraçõn??

    Whithout kisses

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mana linda e guapa de mi coraçon.
      Tusabes que hoje cami hei de casa esó regresei agorita mesmo. Mana tu sabes ca minhavida é abundante. Sabes, mana querida que abundância de tempo é o que tenho mas tá todo preenchido.
      Mana hoje fui concretizar aquele sonho, aquele dos barcos...
      Mana, tás de castigo desde hoje até "para sempre" por seres chata e a hares que tu por teres mais cinquenta anos que eu tenho de te obedecer. Mas olha uuuuuuuuuuuuuuuuus mais velhos é que obedecem auuuuuuuuuuuuuuus mais novos
      Tás de castigo
      Kis :=}

      Eliminar
  8. Olá Gi. Por acaso tenho muitas na minha varanda (ao tempo) e portam-se bem, mas há quem diga que gostam mais do interior e com luz ! (?)
    E quanto ao dinheiro é assim mesmo. Demora a entrar e não gosta do interior. Quer sair logo ! :)

    Beijucas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eu vejo-as quando passo do aeroporto emxirecção a braga
      Kis :=}

      Eliminar
  9. É que cuidar faz muita diferença!
    No Porto...nas varandas as plantas que me dav morriam!
    Hoje na aldeia...presto mais atenção!
    Bj

    ResponderEliminar
  10. As plantas precisam de amor e atenção e talvez por isso, eu uma grande distraída, não sou muito boa para manter flores. Aqui por casa só se aguentam cactos que não é preciso regar. :) Beijinhos
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  11. também fui ver a flor :)
    é bom que tudo floresça

    ResponderEliminar
  12. Calminha que as coisas todas têm o seu tempo :)))
    Bjs, bfds

    ResponderEliminar
  13. :)) eu às vezes tenho dificuldade para distinguir as verdadeiras das plásticas :)

    ResponderEliminar

Como? O que disse?
Não ouvi nada.
É melhor escrever...